VISITAS

HojeHoje57
OntemOntem134
Essa SemanaEssa Semana676
Esse MêsEsse Mês3260
TotalTotal71201


estruturaMSB0

 

ESTRUTURA

 

O Mercado São Sebastião, que teve seu modelo atual inaugurado em 1997, conta com uma enorme infra-estrutura para proporcionar uma melhor acomodação aos comerciantes e clientes que freqüentam a quase centenária praça comercial do fortalezense. Anteriormente, o mercado era dividido em enormes galpões de apenas um pavimento, sem condições físico-sanitárias para receber com conforto seus leais freqüentadores. Hoje em dia, o Mercado São Sebastião está dividido em três setores (A, B e C), com três pavimentos (subsolo, 1º e 2º pisos), separados de acordo com cada tipo de produto vendido.

 

No Subsolo, onde existe a plataforma de carga e descarga de caminhões, destacam-se os produtos horti-fruti em grande quantidade – ideais para donos de mercadinhos e lanchonetes, assim como clientes – tais como: banana, laranja, maracujá, melancia, mamão, melão, abacaxi, graviola, pimentão, chuchu, tomate, etc. Há também uma feirinha onde se vendem hortaliças e leguminosas.

 

No 1º piso há uma setorização de acordo com cada setor. Nos setores A (rua Clarindo de Queiroz) e C (rua Meton de Alencar) há predominância de grande variedade de frutas. No entanto, o setor A conta também com restaurantes que vendem comidas regionais e mercearias; enquanto que no setor C a venda de polpas de frutas, frios e ovos pode ser encontrada. No setor B (rua Padre Ibiapina), do mesmo pavimento, o comércio é de carnes em geral (bovina, ovina, suína, aves e peixes) e frios.

 

O 2º piso se destaca pela variedade de produtos que podem ser encontrados – em geral, não perecíveis – tais como: plásticos, descartáveis, embalagens, condimentos, temperos, castanhas, méis, raízes, plantas medicinais, produtos artesanais (palha, madeira e barro), artigos de vestuário, redes, panelas e utensílios domésticos, dentre outros.

 

O Mercado São Sebastião possui, ainda, uma arejada praça margeada por árvores, onde se pode encontrar lojas de materiais de construção, ferragens, bombonieres, casa lotérica, farmácia, quiosques de lanches e sorveteria. No extremo noroeste, nas esquinas das ruas Padre Ibiapina e Clarindo de Queiroz, situa-se a tradicional venda de milho verde.

 

Para oferecer segurança aos freqüentadores, o mercado conta com uma dupla de policiais militares e de guardas municipais, além de fiscais do próprio mercado que auxiliam na organização e ordem do local.

 

Os estacionamentos são itens a mais para garantir a comodidade do usuário. Nesse aspecto, o Mercado São Sebastião conta com quatro deles – dois para veículos de passeio, um para motocicletas e bicicletas e outro para carga e descarga.

 

 

Saiba Como Chegar ao Mercado São Sebastião